UNIVERSÍADE: RELATO DO 2º DIA

Facebook
WhatsApp
Email

O dia começou ensolarado em Shengzhen, o que, para nós indicava mais calor, suor e muitos pratos quebrados. O atleta Guilherme Maurina, entrou focado e concentrado na prova de Fossa Olímpica e fez bonito. Com parciais de 24 – 25 – 24, Maurina terminou o dia em 5° lugar, para alegria da nossa delegação e consternação de cipriotas, chineses, italianos e americanos, considerados favoritos. Nosso atleta, competente e bastante concentrado, esteve exemplar ao conter a emoção ao final de cada série. Refugava as entradas nervosas, enxugava o suor e, respirando fundo, repetia sua rotina de… mais um prato quebrado.

Após a prova, Guilherme representou todos os atletas durante a visita do Diretor Geral das Universíades e recebeu, simbolicamente, um presente da autoridade em nome de todos. Agradeceu com bonitas palavras e foi aplaudido por todos.

Após a prova, fez atividades de descontração na vila, e foi descansar. Estamos torcendo para que, amanhã, Maurina mantenha a performance conquistada hoje, um resultado que poderá levá-lo à prova final.

Amanhã, no terceiro dia de competição do tiro esportivo, Felipe Wu e Thais Moura entram em ação, no treinamento oficial da Pistola de Ar 10m.

Em todas as provas o nível técnico é muito alto. Como exemplo temos a prova de Carabina Ar, onde o atleta italiano, Niccolo Campriani, venceu com 599 pontos.

A estratégia esportiva da China, é sediar eventos internacionais sempre em cidades diferentes, deixando um legado bem distribuído em todo seu enorme país, como foi em Beijing, 2008, Shengzhen, 2011 e em Nanjing , que sediará os Jogos Olímpicos da Juventude em 2014. Em cada lugar uma estrutura 100% nova.

Facebook
WhatsApp
Email

Deixe o seu comentário!

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre o uso de cookies.