logotipo
CONTATO
Canal da CBTE no Youtube   Fanpage da CBTE no Facebook   Procura no site   Perguntas Frequentes
08/08/2016
Dia de decisões masculinas na carabina de ar e fossa olímpica
O terceiro dia de competições no Centro Olímpico de Tiro, em Deodoro, foi totalmente dedicado às provas masculinas. A manhã começou com a fase de classificação da prova carabina de ar, 10m, e as duas últimas séries da fossa olímpica, que foi iniciada no domingo (07/08).

A prova de carabina, que contou com 50 atletas na busca de uma vaga entre os oito finalistas, não teve representante do Brasil. Ao meio-dia começou a final e um fato chamou a atenção: a participação de oito oito diferentes nações, evidenciada por seis países da Europa oriental. Mas na decisão da medalha de ouro quem levou a melhor foi a Itália. Niccolo Campriani, que havia ficado em primeiro na classificatória e bateu o recorde olímpico, com 630.2 pontos, conquistou a primeira colocação e igualou o recorde de finais, ao marcar 206.1. O ucraniano Serhiy Kulish ficou com a prata e o bronze foi para o russo Vladimir Maslennikov.

Na final da fossa olímpica, disputada à tarde, os seis atletas finalistas entram diretamente na semifinal, com o lançamento de 15 pratos. Os dois melhores colocados participam da disputa pelo ouro, com o terceiro e quarto disputando o bronze.

A briga pela medalha de ouro ficou entre os atletas Josep Glasnovic, da Croacia e Giovanni Peliello, da Itália. Os dois terminaram com a mesma pontuação na final, 13 pratos quebrados e foram para o desempate, que teve vitória do croata. Já Peliello, ao terminar com a prata, garantiu a segunda medalha do dia para seu país. O bronze foi para o inglês Edward Ling.
tag: #rio2016
por: CBTE