logotipo
CONTATO
Canal da CBTE no Youtube   Fanpage da CBTE no Facebook   Procura no site   Perguntas Frequentes
25/04/2016
Evento-teste do tiro esportivo é aprovado
Com 660 atletas competindo por 88 países, terminou no domingo (24) o maior dos eventos-teste para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016, no Centro Nacional de Tiro Esportivo (CNTE) em Deodoro. A etapa carioca da Copa do Mundo de Tiro Esportivo teve 50 campeões mundiais e olímpicos na disputa das 15 provas e um recorde mundial feminino de prova foi quebrado. A croata Pejcic Snjezuna estabeleceu a nova marca, de 594 pontos, para a prova de carabina de ar 3 posições.

As obras nos estandes, onde são as provas de pistola e carabina, ainda receberão acabamento, mas no geral foram aprovadas por atletas e dirigentes, assim como o esquipamento esportivo utilizado. Ricardo Brenk, vice-presidente da Confederação Brasileira de Tiro Esportivo (CBTE), disse que recebeu algumas sugestões para repassar aos organizadores,

Bicampeão Olímpico na carabina de ar 3 posições em Tóquio 1964 e na Cidade do México 1968, Gary L. Anderson hoje é o vice-presidente da Federação Internacional de Tiro Esportivo (ISSF, na sigla em inglês), e se disse bem satisfeito pela maneira como o evento-teste funcionou. Tanto que até dois recordes mundiais foram batidos, como observou.

Além da nova marca de prova da croata Pejcic, o chinês Hui Zicheng bateu o recorde mundial em final (463.7 pontos), também da carabina de ar 3 posições. "Mesmo sem a instalação completa, tivemos cooperação total e tudo transcorreu bem, com performances de nível técnico muito alto", disse Gary.
tag: #rio2016
por: O Fluminense Online/RJ