logotipo
CONTATO
Canal da CBTE no Youtube Página da CBTE no Instagram Fanpage da CBTE no Facebook Procura no site Perguntas Frequentes
17/03/2008
Brasil larga com bons resultados no Sul-Americano de Tiro Esportivo
Classificado para os Jogos Olímpicos de Pequim 2008 na pistola de ar 10m e no tiro rápido 25m, o brasileiro Júlio Almeida conquistou nesta segunda-feira, 17 de março, a medalha de ouro na prova de pistola 50m no Campeonato Sul-Americano de Tiro Esportivo, que acontece no Centro Nacional de Tiro Esportivo Guilherme Paraense, no Complexo Esportivo de Deodoro.

Mas o prêmio pelo primeiro lugar pode ser ainda maior. Ao marcar 543 pontos na fase classificatória (foram 639 no total), Júlio superou o índice olímpico da prova (540 pontos). A princípio, o Sul-americano não valeria como seletiva, mas a Confederação Brasileira de Tiro Esportivo (CBTE) pediu a homologação da marca junto à Federação Internacional de Tiro Esportivo (ISSF).

Apenas o delegado da ISSF, que chega ao Rio de Janeiro nesta sexta-feira para a etapa brasileira da Copa do Mundo, de 22 a 28 de março, no mesmo Complexo Esportivo de Deodoro, pode confirmar o índice. Mas o assessor executivo da CBTE, Evaldo Carvalho, está otimista.

"Uma série de exigências da ISSF devem ser analisadas, mas acredito que o índice será aprovado", disse Evaldo.

Júlio começou a treinar para a prova de pistola 50m há apenas quatro meses. A medalha de ouro no Sul-americano foi uma surpresa, mas ele promete repetir o desempenho na Copa do Mundo se a ISSF não homologar a marca.

"Se confirmarem o índice agora, será ótimo. Mas se a decisão for diferente, vou buscar a classificação na etapa brasileira da Copa do Mundo. Agora, este índice olímpico tem de ser a minha marca mínima na prova", disse o campeão continental.

A prova de pistola 50m terminou com um pódio 100% brasileiro, completado por Vladimir Silveira (prata, com 637,4 pontos) e Gustavo Fruet (bronze, com 636,9 pontos).


O Brasil conquistou outro pódio completo no primeiro dia de finais do Sul-Americano. Na prova de pistola 25m para mulheres, Ana Luiza Mello venceu com a marca de 765,5 pontos. Mariana Tessinari, que disputou a competição pela primeira vez, ficou com a prata (748,5 pontos) e Maria Cecília Bettisch, com o bronze (733,7 pontos).

Os dois ouros do Brasil serão muito comemorados pelo técnico Volney Mello: ele é o treinador de Júlio Almeida e é casado com Ana Luiza Mello.

"Será uma comemoração conjunta", brincou Ana Luiza.

Antes das vitórias de Júlio e Ana Luiza, Roberta Cabo conquistou a primeira medalha do Brasil na competição: prata na carabina de ar 10m. Ela marcou 487,2 pontos, contra 492,1 da argentina Cecília Zeid, que ficou com o ouro. Em terceiro terminou a uruguaia Diana Cabrera, com 481,1.

"Comecei mal a prova, mas me recuperei. Quando vi que poderia vencer, a emoção atrapalhou. Para mim, é muito significativo conseguir um bom resultado competindo no Rio, onde morei por 15 anos, e em um estande de nível internacional", disse Roberta, que atualmente mora em São Paulo.

Na última final do dia, o brasileiro Samuel Lopes garantiu a medalha de prata na carabina deitado 50m ao atingir a pontuação máxima (10,9 pontos) no último tiro.

"Foi na mosca", comemorou Samuel, que marcou um total de 685,2 pontos e utilizou uma lembrança ruim para se superar na prova.

"Nos Jogos Pan-americanos, realizados neste mesmo estande, fiquei em quarto lugar, bem pertinho da medalha. Não queria passar por aquilo de novo e me concentrei para atirar bem", contou Samuel.

O ouro na carabina deitado 50m ficou com o argentino Pablo Alvarez (685,4 pontos), enquanto outro brasileiro, Cassio Rippel, levou o bronze (685,1 pontos).

Nesta terça-feira, serão realizadas as disputas masculinas de carabina de ar 10m, pistola de fogo central 25m e double trap, além das competições femininas de carabina deitada 50m e pistola de ar 10m. Na pistola de fogo central 25m, o Brasil tem as maiores chances de ouro, com Júlio Almeida e Emerson Duarte.

"É a prova mais forte da equipe neste segundo dia. No tiro esportivo é difícil fazer previsões, mas, se formos bem, podemos até formar um pódio totalmente brasileiro. Os argentinos serão nossos principais adversários", explica Emerson Duarte, recordista do Exército Brasileiro na prova.

> Resultados desta segunda-feira, dia 17:

- CARABINA DE AR 10M - Feminino

1º - Cecília Elena Zeid (ARG) - 492,1
2º - Roberta Cabo (BRA) - 487,2
3º - Diana Cabrera (URU) - 481,1

- PISTOLA 50M - Masculino

1º - Júlio Almeida (BRA) - 639
2º - Vladimir Silveira (BRA) - 637,4
3º - Gustavo Fruet (BRA) - 636,9

- PISTOLA 25M - Feminino

1º - Ana Luiza Mello (BRA) - 765,5
2º - Mariana Tessinari (BRA) - 748,5
3º - Maria Cecília Bettisch (BRA) - 733,7

- CARABINA DEITADO 50M - Masculino

1º - Pablo Alvarez (ARG) - 685,4
2º - Samuel Lopes (BRA) - 685,2
3º - Cassio Rippel (BRA) - 685,1
por: finalsports.com.br