logotipo
CONTATO
Canal da CBTE no Youtube Página da CBTE no Instagram Fanpage da CBTE no Facebook Procura no site Perguntas Frequentes
12/10/2021
Equipe Brasileira tem bom desempenho no Mundial Júnior
imagem
A equipe de tiro esportivo do Brasil, formada pelos atletas Caio Silas Blasques de Almeida, Geovana Meyer, Igor de Dea Mera, Mariana Betoni e Sara Laís Classer da Rosa, conseguiu um bom desempenho e dois recordes brasileiros no Campeonato Mundial Júnior, realizado no , no Las Palmas Shooting Range, em Lima, no Peru.

Outros quatro atletas foram convocados e estavam treinando juntos para a competição (Haddy Darwich Gomes, Hanna Kluber Daruich, Hussein Kluber Daruich e Tarik Adnan Darwiche), mas ficaram impossibilitados de viajar por conta de um resultado positivo de Covid. Diante desse quadro e com a possibilidade de disseminar a doença para outras pessoas, as famílias decidiram não embarcar.

Logo no primeiro dia de disputa, a paulista Mariana Betoni, de 18 anos, estabeleceu novo recorde brasileiro na Pistola de Ar feminino 10m, com 553 pontos, séries de 94-89-94-94-92-90. Na mesma prova, a catarinense Sara Laís Classer da Rosa, de 19 anos, assinalou 538 pontos, séries de 91-87-92-86-90 e 92. Na classificação geral, Mariana ficou em 37º e Sara em 45º.

Na Pistola de Ar masculino 10m, o paulista Caio de Almeida, de 17 anos, conseguiu o 23º lugar com 567 pontos, séries de 91-96-95-97-96-92.

Já Geovana Meyer, de 20 anos, bateu o recorde brasileiro na Carabina 3 Posições com 1.150 pontos, sendo 377 na posição de joelho (séries de 96-94-93-94), 392 na deitada (100-98-95-99) e 381 em pé (97-93-94 e 97), terminando na 31ª colocação. Na Carabina de Ar feminino, a catarinense ficou na 52ª posição, com 609,4 pontos, séries de 100,0-102,9-102,2-100,3-102,2 e 101,8.

Na prova mista de Pistola de Ar de 10m, a dupla brasileira formada por Caio de Almeida e Mariana Betoni conseguiu um resultado expressivo ao terminar em 19º lugar com um total de 556 pontos, séries de 96-95 e 94 para Caio e 92-90-89 para Mariana.

Já na Fossa Olímpica, o único representante brasileiro, Igor Mera, de 18 anos, alcançou 99 pontos, séries de 19-18-20, no primeiro dia, e 21-21 no segundo. O gaúcho melhorou seu desempenho no segundo dia e terminou na 30ª posição.

Também integraram a delegação brasileira Marcos Gonzales (técnico do Prato), Ricardo Miguel (técnico de Pistola), Flávia Justus (psicóloga), James Lowry (chefe de equipe e técnico de Carabina) e Jodson Edington Jr. (presidente da CBTE). A arbitragem nacional marcou presença com Alex Artioli, Arnaldo Mendonça, Jhonson Willis, Rosane Ramos, Sidnei Mendes e Victória Pacheco.

O Campeonato Mundial Júnior teve a participação de 31 países, representados por 380 atletas. A Índia terminou em primeiro lugar no quadro de medalhas, com 16 medalhas de ouro, 15 de prata e nove de bronze. Os Estados Unidos ficaram em segundo (sete, oito e seis), seguido da Itália (três, três e quatro).
tag: #Seleção
por: CBTE