SORRISO CLUBE DE TIRO, UMA REALIDADE NACIONAL

Facebook
WhatsApp
Email

Nas últimas duas semanas a Associação Sorrisense de Tiro – Sorriso Clube de Tiro foi a capital do tiro esportivo nacional. Localizado na cidade mato-grossense de Sorriso, a 420 km da capital Cuiabá, o clube sediou três competições nacionais organizadas pela CBTE: o Campeonato Regional Centro-Oeste Trap, a 2ª etapa do Campeonato Brasileiro Interclubes – CBI® de Carabina / Pistola e o 1º Campeonato Centro-Oeste Carabina / Pistola / Rifle.

Os três campeonatos tiveram a participação de mais de 300 atletas representando 13 estados: Alagoas, Ceará, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Rondônia e Santa Catarina, além do Distrito Federal.

“Agradeço a CBTE e ao presidente Jodson por acreditarem no nosso clube, no estado do Mato Grosso, na força do tiro esportivo que vem do interior do país. Essa descentralização das grandes capitais para locais estratégicos do interior do país é muito positiva. Quando a Confederação leva para o interior do país uma competição de nível nacional, como está sendo em Sorriso, mostra o potencial de nossa cidade, de nosso clube”, destaca o dirigente.

Sediando as competições do calendário da CBTE há pouco mais de quatro anos, o Clube Sorriso de Tiro é uma referência do tiro esportivo nacional. Instalado em uma área de mais de 80 mil m², o clube conta com espaços adequados para a prática de diversas modalidades, além de oferecer uma excelente infraestrutura para os associados e as famílias que acompanham os competidores.

“Estamos construindo um legado para nossos atletas não só no que diz respeito a construção de estandes, mas também com a realização de campeonatos estaduais e nacionais, bem como incentivando e buscando todo tipo de apoio para nossos atletas”, explica Paulo Silvestro. “Além disso, nós queremos, com o apoio da CBTE, se tornar o primeiro Centro de Treinamento do tiro esportivo do Brasil. Um CT que abranja desde a parte técnica, com profissionais que possam ensinar a técnica do tiro esportivo, até uma equipe multidisciplinar com psicólogos, fisioterapeutas entre outros profissionais”, acrescenta.

Projeto Alvos do Futuro

Lançado em agosto de 2020, o Projeto Alvos do Futuro conta hoje com mais de 50 crianças de nove a 12 anos. De acordo com o presidente Paulo Silvestro os alunos não recebem somente o treinamento de tiro esportivo.

“Nós mostramos para essas crianças os conceitos da vida, morais e cívicos, e ajudamos na formação do caráter delas. Também oferecemos um suporte esportivo feito pelos diretores do clube para participarem das competições estaduais e nacionais. É uma alegria muita grande vermos essas crianças competindo. Isso nos enche de orgulho e dá a certeza de que estamos formando um celeiro de atletas. Elas já representam Sorriso e Mato Grosso e o que mais queremos é formar essas crianças para o tiro olímpico”, finaliza.

📸 Vanderlei Gralak

Facebook
WhatsApp
Email

Deixe o seu comentário!

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre o uso de cookies.