REPRESENTANTES BRASILEIROS EM PEQUIM COMPETEM NESTA SEGUNDA

Facebook
WhatsApp
Email

Rio de Janeiro (RJ) – Representantes do tiro esportivo brasileiro nos Jogos Olímpicos de Pequim, Stenio Yamamoto e Júlio Almeida competem nesta segunda-feira, que marca o primeiro dia de finais do Campeonato Sul-americano de Tiro Esportivo. O evento, que vai até o dia 24, será realizado no Complexo Esportivo de Deodoro, uma das instalações construídas para os Jogos Pan-americanos Rio 2007.

A partir das 9 horas (de Brasília), Stenio e Júlio brigam por medalhas na pistola 50m. No primeiro dia, também serão realizadas as provas femininas da carabina de ar 10m e da pistola 25m, e a disputa masculina da carabina deitado 50m.

Stenio já tem índice olímpico na pistola 50m. Entre seus adversários no Sul-americano está o suíço Christoph Schmid, também classificado para Pequim. Pela primeira vez, o evento terá atletas de fora da América do Sul competindo como convidados – além da Suíça, outros quatro países mandaram representantes: Angola, Emirados Árabes, Grécia e Noruega. A competição oficial reunirá Brasil, Argentina, Chile, Uruguai, Paraguai, Venezuela e Bolívia.

“O Sul-americano será uma etapa importante na preparação para os Jogos Olímpicos. A presença de atletas convidados aumenta o nível da competição. O Christoph, por exemplo, foi prata na etapa dos Estados Unidos da Copa do Mundo, em 2007. É um adversário forte e poder enfrentá-lo é ótimo”, analisa Stenio.

Christoph Schmid também acredita que a competição será de bom nível e elogia as instalações do Centro Nacional de Tiro Esportivo Guilherme Paraense. “Na Suíça, não temos nada como este estande. A instalação é de alto nível. Estou entrando na parte mais forte da preparação para Pequim e esta competição é muito importante”, elogiou Schmid.

Para Júlio Almeida, a prova de pistola 50m no Campeonato Sul-americano será uma oportunidade fundamental para avaliar a melhora de seu desempenho. Ele ainda não tem índice olímpico nesta prova – está classificado na pistola de ar 10m e no tiro rápido 25m – e tentará alcançá-lo na etapa brasileira da Copa do Mundo, que será disputada de 22 a 28 de março, no mesmo Complexo Esportivo de Deodoro.

Outro destaque do primeiro dia de finais do Campeonato Sul-americano é o norueguês Harald Stenvaag, que disputará a prova da carabina deitado 50m. Ele participou de seis edições dos Jogos Olímpicos e conquistou duas medalhas: bronze na carabina três posições, em Sydney-2000; e prata na carabina deitado 50m, em Barcelona-1992.

No feminino, a brasileira Ana Luiza Mello tentará conquistar o ouro que ficou bem perto nas duas últimas edições do Campeonato Sul-americano. Em 2006 e 2007, ela ficou com a medalha de prata na prova da pistola 25m. “A expectativa é boa. A equipe feminina do Brasil disputará o Sul-americano em igualdade de condições com todos os adversários. Venezuela e Colômbia serão os principais adversários, mas estamos confiantes. Competir neste estande, com alvos eletrônicos, nos deixa bem confortáveis”, destaca Ana Luiza, que compete desde 1999.

Facebook
WhatsApp
Email

Deixe o seu comentário!

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre o uso de cookies.