RECADASTRAMENTO E ANISTIA NACIONAL DE ARMAS

Facebook
WhatsApp
Email

A Associação Nacional da Indústria e Comércio de Armas e Munições (ANIAM), com apoio do Movimento Viva Brasil, Polícia Federal,Taurus, CBC e ABIMD lançou dia 9, em Brasília, a campanha do Recadastramento Nacional de Armas. De utilidade pública, a campanha pretende informar e esclarecer sobre a obrigatoriedade do recadastramento e as facilidades que a nova Lei 11.706/08 oferece a quem deseja exercer legalmente o direito de possuir uma arma. Compareceram ao evento, representantes da Polícia Federal (PF), dos ministérios da Justiça e da Defesa e parlamentares.

O presidente da ANIAM, Antônio Marcos Moraes Barros recomenda, a todos que possuem uma arma de fogo, “que façam o recadastramento via internet (no site da PF), um processo extremamente facilitado e, vamos dizer, amigável ao proprietário da arma. Poderá também fazer o recadastramento através de uma ampla rede de lojas espalhadas pelo País todo, com imensa capilaridade, com funcionários treinados e preparados para isso”.

Para o Prof. Bene Barbosa, presidente do Movimento Viva Brasil, um dos apoiadores da campanha, essa é a grande chance de todo cidadão que acredita no direito de defesa, tem de reafirmar sua opção, mantendo-se sempre dentro da legalidade.
IMPORTANTE – O Site do SINARM ainda está em construção, até o fechamento desta matéria, em breve, todos os recadastramentos poderão ser feitos on-line, sem a necessidade de ir até uma delegacia da PF.

Aguardamos também a regulamentação da lei do recadastramento, que deverá ser feita pela PF, para publicarmos todos os detalhes e o passo-a-passo de como fazer para recadastrar ou anistiar uma arma de fogo.

Facebook
WhatsApp
Email

Deixe o seu comentário!

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre o uso de cookies.