I ENCONTRO DE DESENVOLVIMENTO DO TIRO ESPORTIVO ALCANÇA SEUS OBJETIVOS

Facebook
WhatsApp
Email

Depois de três módulos, terminou, nesta segunda-feira, o I Encontro de Desenvolvimento do Tiro Esportivo, numa parceria da CBTE com o Comitê Olímpico do Brasil (COB). Os eventos on-line tiveram a participação de profissionais do Laboratório Olímpico Brasileiro e foi direcionado a atletas, técnicos, dirigentes, presidentes de clubes e federações. Segundo o presidente da Confederação, Jodson Edington, a comunidade do tiro esportivo teve a oportunidade de conhecer melhor a importância do trabalho desenvolvido pela equipe multidisciplinar do COB e, ao mesmo tempo, dar um passo importante para o crescimento da modalidade.

“Realizamos durante três semanas um evento inédito graças ao apoio do COB. Agradeço ao presidente Paulo Vanderley, ao diretor geral da entidade, Rogério Sampaio, ao Diretor de Desenvolvimento e Ciências do Esporte, Kenji Saito, e à Gestora de Tiro Esportivo do COB, Ericka Sales, que tornaram possível esses três encontros. Foram momentos de conhecimento e aprendizagem e, posso garantir, que foi o primeiro de muitos encontros que iremos realizar sempre pensando no aperfeiçoamento de nossos atletas e profissionais da Confederação”, ressalta Jodson.

O tema do último evento on-line foi “A Performance do Atleta de Tiro Esportivo” e os profissionais do Laboratório Olímpico Brasileiro abordaram os seguintes assuntos: “Abordagem da biomecânica” (Franklin Camargo), “Fisiologia do exercício e o tiro esportivo” (Matheus Haussen), “A importância do coaching” (Antonio Carlos Moreno) e “Análise técnica-científica” (Felipe Luceno).

‘A tecnologia é um companheiro inseparável do sucesso do esportista. Ninguém melhor do que o atleta do tiro esportivo sabe a diferença de um milímetro num resultado. Um milímetro para lá ou para cá, é uma medalha ou não, é ouro ou prata. Como o detalhe é importante. A gente filma o atleta do tiro esportivo e o biomecânico vai fazer a análise junto com o fisioterapeuta, o preparador físico. E a análise dessa imagem pode demonstrar diversas possibilidades de melhorias posturais, reforços musculares, o que pode ser melhorado para uma melhor performance”, explica o professor Felipe Luceno.

De acordo com o professor Antonio Carlos Moreno, o coaching é um conjunto de ferramentas e disciplinas que busca o desenvolvimento pessoal e profissional de uma pessoa ou um grupo de pessoas. É um processo de ensino-aprendizagem.

“O coaching não afirma, ele contribui, participa, acompanha para que os treinadores saibam se comunicar claramente. Essa comunicação clara é um dos pontos mais importantes da relação treinador e atleta.
O coaching faz uma imersão no autoconhecimento da pessoa e vai ali procurando valorizar a autoconfiança, as possibilidades que ele tem. A partir do momento que uma pequena mudança começa a nascer, a solidificar a relação entre treinador e atleta fica cada dia maior, cada dia melhor”, afirma Moreno.

Os dois primeiros módulos do I Encontro de Desenvolvimento do Tiro Esportivo tiveram como tema “O desenvolvimento e a carreira do atleta de alto rendimento” e “A saúde do atleta de tiro esportivo”.

Facebook
WhatsApp
Email

Deixe o seu comentário!

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre o uso de cookies.