GEOVANA MEYER IRÁ RECEBER O PRÊMIO BRASIL OLÍMPICO 2022

Facebook
WhatsApp
Email

A catarinense Geovana Meyer foi escolhida a melhor atleta do tiro esportivo e irá receber o Prêmio Brasil Olímpico 2022. No ano passado, Geovana conquistou seis medalhas nas duas principais competições da América do Sul, os Jogos Sul-Americanos de Assunção e a Copa Sudamericana de Lima, estabeleceu novo recorde sul-americano na Carabina 3 Posições 50m e foi campeã brasileira na Carabina 3 Posições Feminino – Dama.

“Receber esse prêmio foi muito importante para o meu desenvolvimento e me motivou ainda mais para continuar nesse caminho rumo a vaga olímpica. O ano que passou foi repleto de muito aprendizado, que me fizeram evoluir e me preparar ainda mais para este ano”, destacou Geovana.

Nos Jogos Sul-Americanos de Assunção, no Paraguai, Geovana foi medalha de ouro na Carabina 3 Posições 50m e bronze na Carabina de Ar Feminino e na Carabina de Ar Misto, com Leonardo Vagner, e ainda bateu o recorde sul-americano na Carabina 3 Posições 50m.

Na VI Copa Sudamericana de Lima, no Peru, foi ouro na Carabina de Ar 10m Feminino e na Carabina 3 Posições 50m e bronze na Carabina de Ar 10m Misto, com Leonardo Vagner. A atleta foi ainda campeã brasileira na Carabina 3 Posições Feminino – Dama e vice-campeã na Carabina de Ar Feminino – Dama Classe “A”.

O processo para a escolha dos indicados a Melhor Atleta do Ano e dos melhores das modalidades foi realizado por um colégio eleitoral formado por jornalistas, dirigentes, a Comissão de Atletas do COB, patrocinadores, ex-atletas e personalidades do esporte.

Maior premiação do esporte brasileiro, o Prêmio Brasil Olímpico chega à 23ª edição e a cerimônia de premiação será no dia 2 de fevereiro na Cidade das Artes, no Rio de Janeiro.

Facebook
WhatsApp
Email

Deixe o seu comentário!

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre o uso de cookies.