FEDERAÇÃO DO RIO DE JANEIRO É CAMPEÃ DO 46º CAMPEONATO CENTRO-BRASILEIRO

Facebook
WhatsApp
Email

Acaba de ser realizado entre os dias 11 e 14 de agosto, na cidade do Rio de Janeiro, nas instalações do Centro Militar de Tiro Esportivo, em Deodoro, o 46º Campeonato Centro-Brasileiro com as disciplinas de Carabina, Pistola e Rifle Internacional, organizado pela Confederação Brasileira de Tiro Esportivo.

O CENBRA neste ano passou por uma pequena reestruturação, contemplando a competição apenas entre as federações do Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais e Espírito Santo. Diferente dos anos anteriores em que mais estados participavam, sendo criado o novo campeonato denominado 1º Campeonato Centro-Oeste que será ofertado em setembro, na cidade de Sorriso, no Mato Grosso, passando a ser disputado anualmente como o próprio CENBRA, o SULBRA, que envolve os estados do sul do país, e o Norte-Nordeste que contempla os estados do norte e nordeste brasileiro.

A Federação do Rio de Janeiro teve a vantagem de estar participando em seu próprio estado e com isso compareceu com uma grande delegação de atletas incluindo todas as disciplinas realizadas em Deodoro, mostrando uma superioridade nas disputas individuais e por equipe. Nas Provas da ISSF, foi campeã em quase todas as disciplinas por equipe, ficando de fora apenas da Pistola de Tiro Rápido e da Pistola Standard, onde não conseguiu ter os 3 atletas mínimos para compor uma equipe.

Nas Provas Nacionais a disputa entre Rio de Janeiro, São Paulo e Minas foi muito acirrada, mas novamente houve um melhor desempenho dos atletas cariocas, que somaram mais pontos por equipe.

No CENBRA as provas são disputadas de maneira individual com premiação para os 3 primeiros lugares em cada disciplina, categoria e classe, inclusive com participação de atletas de outros estados não incluídos na disputa das federações. Estes resultados individuais são organizados em cada disciplina agrupando os 3 melhores de cada estado, sendo convertidos para pontos de acordo com a posição da equipe. Estes pontos gerados são agrupados num somatório final que define as posições de cada estado na disciplina, premiando apenas os estados que participam deste regional.

Na disputa das provas de Rifle Internacional foi grande e expressiva a participação dos atletas de São Paulo, tendo os paulistas maior vantagem sobre os demais estados e sagrando-se campeões por equipe em quase todas as disciplinas.

No quadro final a Federação de Tiro Esportivo do Rio de Janeiro foi a campeã com 173 pontos alcançados, seguida da Federação Paulista de Tiro Esportivo com 91 pontos e da Federação Mineira de Tiro Esportivo com 29 terminando em 3º lugar. A Federação Capixaba de Tiro Esportivo não enviou atletas para a disputa.

Compareceram ao Rio de Janeiro 412 atletas de 10 estados brasileiros terminando com 580 inscrições nas 61 disciplinas ofertadas na competição. Fora as federações que disputaram o CENBRA, também estiveram presentes membros da Bahia, Distrito Federal, Mato Grosso, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Maranhão e Paraná. Esta presença foi justificada porque este campeonato também estava valendo para o Ranking Qualidade, instrumento de aferição da CBTE para selecionar membros para suas equipes que disputam eventos internacionais.

O destaque individual ficou por conta do atleta Eduardo Sampaio Gonçalves que alcançou o Índice Mundo ao terminar com 584 pontos na prova de Carabina 3 Posições Masculino, onde os atletas disparam por 6 séries de 10 tiros nas posições em pé, de joelho e deitado.

Facebook
WhatsApp
Email

Deixe o seu comentário!

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre o uso de cookies.