CONHEÇA OS CAMPEÕES DO TIRO AO PRATO EM GUARAPUAVA

Facebook
WhatsApp
Email

Aconteceu entre os dias 17 e 19 de setembro no Clube de Caça e Tiro de Guarapuava dois eventos oficiais da CBTE: a 5ª Etapa do Campeonato de Excelência de Tiro ao prato 2021, com as disciplinas olímpicas do Tiro ao Prato, com 125 pratos em disputa e o Regional Sul de FO/SK, que contemplou as disciplinas Light onde são disputados 75 pratos divididos em 3 séries, mas com as mesmas regras das olímpicas.

Na Etapa de Excelência após a execução das 5 séries de 25 pratos, foram reconhecidos os campeões da etapa em cada disciplina, categoria e classe, onde os resultados são utilizados para o Ranking do Campeonato Brasileiro que sagrará os campeões após a Final a ser realizada no Rio de Janeiro, em Novembro, que levará em conta os 3 melhores resultados individuais a serem somados com o valor da Final que terá peso 3.

O resultado do Excelência serviu como classificatória para o Grand Prix Leonardo Gomes Lustosa, que ao estilo das finais olímpicas, sagrou os seus campeões:

Fossa Olímpica Feminino
1º Camilla Alexandra Cosmoski
2º Priscila Macêdo Campos
3º Daiana dos Santos Camaz

Fossa Olímpica Masculino
1º Carlos Alberto Luiz da Costa
2º Jose Artur Luchiari Pisoni Duarte Fortunato
3º Hussein Kluber Daruich

Skeet Masculino
1º Augusto Tadeu Guimarães
2º Conrado Macedo de Sousa
3º José Carlos Vendruscolo Júnior

As finais olímpicas do Tiro ao Prato são disputadas com os 6 melhores atletas da classificatória e a eliminação progressiva dos participantes que fazem uma bateria de tiros preliminar e depois começam a deixar a competição um a um (eliminando sempre o de menor pontuação no momento) até o 4º participante que fica com o bronze da competição e ficam os dois últimos que disputam as medalhas de ouro e prata.

Como a disputa tem sido muito acirrada na Fossa Olímpica, além do confronto no masculino nos moldes de “overall” onde todos os atletas são considerados, independente de categoria e classe, a Diretoria Técnica organizou as finais somente para juniores.

Fossa Olímpica Masculino – Júnior
1º Haddy Darwich Gomes
2º Igor De Dea Mera
3º Julio Patryk Bortolon

Ainda em Guarapuava ocorreu o Regional Sul de FO/SK que utilizou os 75 pratos iniciais das respectivas disciplinas olímpicas para classificar os atletas em mais uma etapa do Campeonato Brasileiro de Tiro ao Prato, que também terá a disputa finalizada no Rio de Janeiro em novembro, sendo a pontuação obtida neste regional válida com peso 2 no ranking do campeonato (ou a pontuação de outro regional caso o atleta dispute também em outra região do país – sempre o maior deles). Neste campeonato os atletas são ranqueados considerando os 4 melhores resultados, mais o melhore regional com peso 2 e a Final com peso 3.

E não para por aí. Os pontos obtidos nas disciplinas olímpicas foram utilizados para mais uma etapa do Campeonato Brasileiro de Federações e para o Campeonato Brasileiro Interclubes, que põe em disputa respectivamente as federações e clubes brasileiros. Em ambos os casos são consideradas as pontuações dos 3 melhores atletas (em cada estado ou clube, dependendo da disputa), que são convertidos em pontos que variam de 1 a 10, e que somados compõe o resultado desta etapa.

Nas federações tivemos:
1º – Federação Paranaense de Tiro Esportivo, 10 pontos
2º – Federação Esportiva de Tiro e Caça de Santa Catarina, 8 pontos
3º – Federação Paulista de Tiro Esportivo, 6 pontos

Ainda na disputa RS, MG, MS e AL acumularam pontos na disputa do campeonato.

Nos clubes:
1º – Clube de Caça e Tiro de Guarapuava, PR, 10 pontos
2º – Clube de Campo de Rio Claro, SP, 8 pontos
3º – Clube de Caça e Pesca de Ponta Grosa, PR, 6 pontos

Pontuaram também clubes do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Mato Grosso do Sul e Alagoas.

Facebook
WhatsApp
Email

Deixe o seu comentário!

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre o uso de cookies.