CONGRESSO OLÍMPICO BRASILEIRO SERÁ REALIZADO EM SALVADOR

Facebook
WhatsApp
Email

A segunda edição do Congresso Olímpico Brasileiro, organizado pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB), acontecerá nos dias 19 e 20 de março no Centro de Convenções Salvador, na capital baiana. Com o tema principal “Planejamento, um referencial de futuro para o Esporte Olímpico”, o encontro terá uma programação de 26 palestras de especialistas internacionais e nacionais, além de vivências, exposições e discussões sobre o futuro do esporte. Os ingressos são limitados e estão disponíveis em https://congresso.cob.org.br/inscricao.

“O COB está trabalhando arduamente para realizar um evento de altíssima qualidade e proporcionar aos participantes um ambiente favorável para refletirmos e discutirmos os principais desafios do dia a dia do esporte nacional. Teremos grandes nomes, vivências, exposições e um público de qualidade com as pessoas que de fato realizam o esporte no país, que estão na linha de frente. Tenho certeza de que será uma experiência muito positiva para todos”, comentou Rogério Sampaio, diretor-geral do COB. “Vamos transformar o Centro de Convenções Salvador em uma grande Vila Olímpica”, completou.

Ao todo, o Congresso Olímpico terá 26 palestrantes, divididos em quatro palcos. Uma seleção de craques em suas áreas de atuação já foi anunciada como o treinador tricampeão olímpico José Roberto Guimarães; o gerente de Pesquisa e Inovação de Desempenho do Comitê Olímpico Holandês, Kamiel Maase; o treinador alemão Günter Lange, responsável por ouro inédito de Uganda em Tóquio; o autor de best sellers internacionais e Ph.D em marketing, Jonah Berger, e o futurista e humanista alemão Gerd Leonhard.

“Cada tema do Congresso tem um propósito, tem um direcionamento e eu tenho certeza de que as pessoas vão gostar. Queremos que os participantes saiam inspirados, aproveitem ao máximo dessa experiência e que no dia seguinte já possam colocar em prática o que aprenderam em suas carreiras”, afirmou Soraya Carvalho, gerente do Instituto Olímpico Brasileiro, área de Educação do COB.

Haverá ainda uma mesa-redonda para debater o papel da mulher no esporte, com a mediação da medalhista olímpica de vela Isabel Swan, e a participação da também medalhista olímpica e atual CEO da Confederação Brasileira de Vôlei, Adriana Behar, da ginecologista esportiva Tathiana Parmigiano, da psicóloga Adriana Lacerda, além de José Roberto Guimarães, que falará sobre a perspectiva do treinamento esportivo para mulheres.

A experiência começará logo na entrada do evento na área de vivências e exposições. Haverá a possibilidade do participante experimentar esportes como o breaking e o skate. O Laboratório Olímpico do COB terá uma área exclusiva onde apresentará as principais inovações nas ciências do esporte.

Outra novidade da segunda edição será o Prêmio Esporte Inovação, que vai escolher os melhores projetos em gestão e inovação que apresentarem soluções concretas para os desafios enfrentados no esporte nacional. A votação e o anúncio dos ganhadores serão realizados durante o segundo dia do Congresso.

Originalmente, o Congresso Olímpico Brasileiro aconteceria em outubro de 2021, mas foi adiado em função da pandemia do coronavírus. Para oferecer segurança aos participantes desta edição, o COB estabeleceu um protocolo de prevenção à COVID-19, seguindo as orientações das autoridades em saúde no país. Assim, houve uma redução de 50% da capacidade de público durante o evento no Centro de Convenções Salvador.

Facebook
WhatsApp
Email

Deixe o seu comentário!

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre o uso de cookies.