COB FARÁ CAMPANHA EDUCATIVA SOBRE USO DE SUPLEMENTOS NO ESPORTE

Facebook
WhatsApp
Email

Com o objetivo de alertar sobre os riscos de contaminações e consequentes casos positivos de doping, o uso de suplementos alimentares será tema de uma campanha educativa do Comitê Olímpico do Brasil (COB). Assim, para que essas importantes mensagens atinjam os atletas de forma eficaz e didática, a área de Educação e Prevenção ao Doping desenvolveu uma série de conteúdos informativos no formato de vídeo, que serão lançados no início do ano de 2023.

“Ao invés de simplesmente dizermos aos atletas que não usem suplementos, queremos que todos eles tenham o COB como referência de consulta para que tomem decisões conscientes e não sejam levados pelas influências leigas e pelo marketing da indústria de suplementos. As consequências de um teste positivo para o doping após o consumo de suplementos contaminados são as mesmas. E ainda que consiga comprovar a origem de uma substância proibida, contaminante de um suplemento, algumas consequências são irreversíveis: perder a oportunidade de competir em um grande evento, não é reversível”, contextualizou Christian Trajano, gerente de Educação e Prevenção ao Doping do COB.

Utilizando uma linguagem atual, com animações em 3D e menções ao metaverso, ao todo, serão sete vídeos divididos em três séries específicas para cada tema. Em parceria com a nutricionista do COB, Renata Parra, também foi elaborado o conteúdo em texto que será publicado em um site específico sobre o tema.

A ação apresentará informações educativas aos atletas sobre os seguintes tópicos:

• Existem riscos associados ao uso de suplementos, em relação ao antidoping;

• De que devem procurar atendimento especializado antes de utilizar suplementos;

• Da recomendação do COB – identifique a necessidade e entenda os riscos da utilização de suplementos;

• Como identificar a necessidade de suplementos e a quem recorrer para ter orientação sobre o uso de suplementos;

• Da existência de algumas certificadoras de suplementos pelo mundo;

• Qual é o papel da ANVISA em relação ao controle de suplementos no Brasil;

• Como e porque os suplementos podem estar contaminados com substâncias proibidas;

• O risco de acreditar nos rótulos dos suplementos;

• Tomar decisões conscientes sobre se, quando, por que e como utilizar suplementos;

• Ter a cautela em manter seus suplementos após a compra;

• Reduzir o risco associado a suplementos comprados no exterior ou pela Internet;

• Checar precisamente os rótulos para verificar a composição dos suplementos.

Fonte: COB

Facebook
WhatsApp
Email

Deixe o seu comentário!

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre o uso de cookies.