BRASILEIROS DO TIRO ESPORTIVO NUNCA VIRAM ESTRUTURA IGUAL

Facebook
WhatsApp
Email

O Centro de Tiro Esportivo de Pequim revolucionou tudo o que os atletas da modalidade conheciam e assumiu um novo patamar em termos de construção de estandes mundo afora. Foi isso que os brasileiros da modalidade disseram ao conhecer as instalações nesta quarta-feira.

O atirador brasileiro Júlio Almeida treinou no local e ficou impressionado com o que viu. “É fora de série”, disse. “Tem arquibancada, monitor para atleta e para a torcida, mostrando o resultado de cada tiro, elevadores que levam o atleta direto para a competição, estande climatizado até nos cinqüenta metros, que é ao ar livre”.

Stenio Yamamoto, o outro integrante da equipe brasileira, vê vantagem para os donos da casa: “Os chineses estão treinando aqui neste estande há quase um ano, sem ver a família. É treinar, dormir e comer”. Yanamoto também não poupa elogios à instalação: “Arquibancada limitada, sala de atleta para todos os países. Eles pensaram em tudo”, diz.Os atiradores treinaram no estande de 10m (ar comprimido).

Na parte da tarde, Stenio ainda treinou no stand de 50m (livre). As provas de tiro esportivo começam no sábado. Stenio e Júlio participam da prova. No dia 12, voltam a atirar, na modalidade pistola 50m. Júlio Almeida também compete no dia 16, no tiro rápido 25m.

Facebook
WhatsApp
Email

Deixe o seu comentário!

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre o uso de cookies.