ALEXANDRE GALGANI TERMINA EM 10º LUGAR EM TÓQUIO E POR POUCO NÃO VAI A FINAL

Facebook
WhatsApp
Email

Nosso atleta paralímpico Alexandre Galgani continua em Tóquio em busca de um pódio nos Jogos Olímpicos Tóquio 2020, evento que foi adiado por um ano devido a Pandemia.

Hoje ele e seu técnico decidiram mudara a estratégia e trocaram o chumbo utilizado em seu equipamento para a prova R5 carabina de Ar – Posição Deitado Misto SH2. O chumbinho, como é conhecido entre os praticantes, é um projétil de chumbo no calibre 4.5 (bem pequeno) e que pode variar de forma, peso e outras características. A estratégia melhorou seu desempenho começando com um 10.7 e mantendo até a 5ª série de prova (são 6 séries de 10 tiros cada). Galgani terminou a prova muito bem não fazendo sequer um 9, sendo seu menor tiro um 10.3, terminando em 10º lugar com recorde brasileiro, e a apenas 1.5 pontos de entrar para final onde seriam disputadas as medalhas.

O atleta ainda terá mais uma chance no dia 4 para disputar a R9 Carabina .22 – 50m – Posição Deitado Misto SH2 e ele e o seu técnico James Lowry, estão confiantes de um excelente desempenho.

Facebook
WhatsApp
Email

Deixe o seu comentário!

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre o uso de cookies.