layout layout
PRINCIPAL ADMINISTRATIVO TÉCNICO INTERAÇÃO INFORME DIVERSOS CONTATO
 NOTÍCIAS
11/04/2016
Um primeiro olhar dos americanos sobre o Centro Nacional de Tiro Esportivo
Abaixo uma tradução livre do texto publicado no site da SSUSA.

Em 1920, nos Jogos da Antuérpia, o Brasil ganhou suas primeiras medalhas olímpicas, especificamente no tiro. Este ano, no Rio de Janeiro, no Centro Nacional de Tiro Esportivo, CNTE, será um momento verdadeiramente único para o país. Cerca de 400 atletas de tiro irão se reunir na competição. A seleção brasileira será representada por nove atletas que participam em 14 das provas que compõem a grade de competição. Esta será a maior delegação de Tiro Esportivo brasileiro na história olímpica.

A fim de ter seu melhor desempenho nos Jogos, os atletas brasileiros têm treinado no Brasil, bem como participam em várias competições internacionais. Resultados internacionais da equipe têm sido encorajadores.

O CNTE foi construído a um custo de US$ 53,5 milhões para os Jogos Pan-Americanos de 2007 e está localizado dentro do Parque Olímpico de Deodoro, no Rio. Há aproximadamente 30.000 metros quadrados de área total, sendo 125.000 metros quadrados de área construída. As instalações de tiro exigiram modificações mínimas para os Jogos Olímpicos de 2016, porque já tinham sido projetadas visando as necessidades futuras. O CNTE é área permanente do Brasil para todas as principais competições nacionais, regionais e internacionais de tiro.

Brasil e o Tiro Olímpico
Em 1920, Afrânio de Costa conquistou a primeira medalha olímpica do Brasil, ganhando a prata individual na Pistola Livre 50 metros. Afrânio da Costa, Sebastião Wolf, Dario Barbosa, Fernando Soledade e Guilherme Paraense ganharam a medalha de bronze por equipe na mesma prova. Um dia depois destas conquistas sem precedentes, o Tenente Guilherme Paraense teve um desempenho que entrou para a história mundial. O adversário de Paraense na Pistola Militar 30 metros, foi o campeão americano Alfred Lane. Paraense foi capaz de vencer Lane e todos os outros concorrentes, ganhando pela primeira vez a medalha de ouro olímpica do Brasil no processo. Afrânio de Costa, que era o chefe da delegação brasileira nos Jogos, afirmou em seu relatório:

Em 4 de agosto, a equipe de pistola livre brasileira foi selecionado para atirar no bloco "O" entre as equipes norte-americana e sul-africana. A inferioridade das nossas pistolas em relação à condição perfeita de armas do nosso concorrente nos deu pouca esperança de ganhar. Perguntei a Fernando Soledade se iria atirar primeiro, porque é um grande atirador. Então, o coronel Snyder, o capitão do Exército Americano, da equipe de pistola livre (Os americanos tinham uma equipe completa para cada arma, ou seja, 35 homens armados, e cinco capitães de equipes, majores e coronéis, todos liderados por um general) me disse:

"Sr. Costa, esta arma não vale nada. Vou pegar algumas pistolas para os senhores, feitas especialmente para nós por Colt em sua fábrica."

Ele voltou logo trazendo com ele dois belos revólveres. Quando nos entregou, ele prometeu melhores resultados. Nós não tivemos que esperar muito tempo para ver o que ele queria dizer, porque mais tarde, naquele dia, a nossa equipe ganhou a medalha de bronze. Depois de ter cuidadosamente limpos as armas, fui para a casa do coronel Snyder para devolvê-las com os nossos agradecimentos. Minha gratidão se transformou em profunda surpresa quando ele perguntou se eu iria dar-lhe a honra de continuar a disparar com a arma nos próximos Jogos Pan-Americanos.

Foi um resultado favorável para o Brasil na década de 1920, com as únicas medalhas olímpicas conquistadas pela delegação brasileira daquele ano, as três em eventos do tiro.

Evento Teste
Os Jogos Olímpicos 2016 serão realizados em agosto deste ano e será um dos maiores eventos desportivos já realizados. Haverá outro evento este ano na cidade maravilhosa do Rio de Janeiro, que vai funcionar como um "ensaio geral" para o grande show. De 14 a 25 de abril, o CNTE será a sede da Copa do Mundo da Federação Internacional de Tiro Esportivo (ISSF). Durante os 11 dias de competição, 700 atletas de dezenas de países vão mostrar suas habilidades no maior evento do esporte de tiro no Brasil antes dos Jogos Olímpicos.

A equipe brasileira terá cinco atletas na Copa do Mundo ISSF, três no evento principal e outros dois pela MQS (índice mínimo de qualificação). Atletas brasileiros, como Renato Portela do Skeet Masculino, tem a esperança de representar bem o seu país. Filipe Fuzaro, Jaison Santin e Luiz Fernando Graça vão atirar na Fossa Double. Cassio Rippel, um campeão Pan-americano e finalista mundial, e Felipe Wu, também campeão pan-americano, estarão competindo na Pistola de Ar Masculino. Além disso Emerson Duarte, Julio Almeida e José Iengo Batista competirão na Pistola de Fogo Central. Duarte é um medalhista de prata na Pistola de Tiro Rápido nos Jogos Panamericano em Toronto. A mistura de atletas brasileiros entre os grandes nomes internacionais, como os americanos Matthew Emmons, Vincent Hancock, Kim Rhode, e italiana Jessica Rossi vão proporcionar uma competição emocionante no que está se moldando para ser um ano memorável para os atletas esportivos brasileiros.

Clique aqui para ver a notícia no site original.
por: ssusa.org

ADMINISTRATIVO
Ações Administrativas
CNTE
Comunicados
Contabilidade
Comunicados
DIRETORIA
Estatuto
Federações
Licitações
Presidentes
Quem Somos
Regimento Geral
STJD - CBTE
TÉCNICO
Atletas CBTE
Campeonato Brasileiro
Calendário
Emissão de Certificado
Programas
Projeto CNTE 2016
Provas On-line
Ranking
Recordes
Resultados
Árbitros Internacionais
Árbitros Nacionais
Instrutores
Legislação
Regulamentos e Normas
Seleção Brasileira
INTERAÇÃO
Cadastro On-Line
Carteira de Associado
Classificados
Pagamentos
INFORME
Alvo da Imprensa
Colunistas CBTE
História e Curiosidades
Notas Rápidas
Notícias
Novidades
Perguntas Frequentes
DIVERSOS
Área Médica
Galeria de Fotos
Links
Textos
Vídeos
Confederação
Associada
COB 100 anos
Entidade
Conveniada
Liga Nacional de Tiro ao Prato
Confederação Brasileira de Tiro Esportivo
Rua Miguel Couto, 105 sala 922 - Centro - Rio de Janeiro - RJ - CEP: 20070-030
Tel.: 55 21 2223-3313 / Fax: 55 21 2283-0522
APOIO AO NOSSO ESPORTE
International Shooting Sport Federation Ministério do Esporte Comitê Olímpico Brasileiro
Shooting Portal
Certificados de Participação Resultados Anteriores