layout layout
PRINCIPAL ADMINISTRATIVO TÉCNICO INTERAÇÃO INFORME DIVERSOS CONTATO
 NOTÍCIAS
19/10/2012
Brasil tem sua melhor participação no Iberoamericano de Tiro Esportivo
Com 22 medalhas e recordes quebrados, Brasil fica na segunda colocação geral

O No III Campeonato Iberoamericano de Tiro Esportivo, realizado na segunda semana de outubro, em Granada, Espanha, o Brasil teve sua melhor participação em toda a história do torneio. Os atletas brasileiros conquistaram 22 medalhas - 12 individuais, sendo 3 de ouro, e 10 por equipes, com 2 de ouro. No quadro geral o Brasil terminou na segunda
colocação, atrás apenas da anfitriã Espanha e à frente de Portugal, que ficou com a terceira posição.

Os resultados obtidos no campeonato mostram a evolução do tiro esportivo brasileiro. O que era simples participação, com poucos resultados de destaque nos torneios, principalmente nas provas de carabina, agora fazem com que lugares nas finais e nos pódios passem a ocorrer com maior frequencia. “Deixamos de ter papel de coadjuvantes nos torneios, buscamos no mínimo ficar entre os finalistas.”, afirma Paulo de Lima e Silva, administrador judicial da CBTE - Confederação Brasileira de Tiro Esportivo. O dirigente acredita que faltando quatro anos para os Jogos do Rio, o tiro esportivo brasileiro dará um grande salto de qualidade neste ciclo olímpico.

Quatro atletas tiveram participação de destaque no campeonato: Bruno Heck -Carabina 3 Posições; Julio Almeida -Pistola de Ar; Emerson Duarte -Pistola Tiro Rápido e Rodrigo Bastos -Fossa Olímpica. A primeira colocação de Bruno, com 1168 pontos em 1200 possíveis, foi recorde brasileiro, sulamericano e iberoamericano. Sua ótima pontuação o teria colocado entre os 8 finalistas nos Jogos de Londres. As 4 medalhas ganhas por Julio Almeida -2 de ouro, mostraram que Julio ainda tem muitos alvos para acertar. Já a prata de Emerson Duarte teve gosto especial, uma vez que a primeira colocação foi para o atleta cubano Leuris Pupo, ouro em Londres. Fechando a relação tivemos o retorno ao pódio de Rodrigo Bastos, medalha de prata na fossa olímpica, ao acertar 122 pratos na fase classificatória, e mais 24 na final. Os 146 pratos quebrados por Rodrigo garantiriam ao brasileiro, no mínimo, a medalha de bronze em Londres.

Além das 3 medalhas de ouro, os atletas brasileiros, também, conquistaram 3 pratas e 6 bronzes. Na competição por equipes foram 2 ouros, 4 pratas e 4 bronzes.

Entre os dias 29 de outubro e 4 de novembro, acontecerá o Campeonato Sulamericano de Tiro Esportivo, na cidade de Buenos Aires, Argentina, última competição internacional do ano.
por: CBTE
ADMINISTRATIVO
Ações Administrativas
CNTE
Comunicados
Contabilidade
Comunicados
DIRETORIA
Estatuto
Federações
Licitações
Presidentes
Quem Somos
Regimento Geral
STJD - CBTE
TÉCNICO
Atletas CBTE
Campeonato Brasileiro
Calendário
Emissão de Certificado
Programas
Projeto CNTE 2016
Provas On-line
Ranking
Recordes
Resultados
Árbitros Internacionais
Árbitros Nacionais
Instrutores
Legislação
Regulamentos e Normas
Seleção Brasileira
INTERAÇÃO
Cadastro On-Line
Carteira de Associado
Classificados
Pagamentos
INFORME
Alvo da Imprensa
Colunistas CBTE
História e Curiosidades
Notas Rápidas
Notícias
Novidades
Perguntas Frequentes
DIVERSOS
Área Médica
Galeria de Fotos
Links
Textos
Vídeos
Confederação
Associada
COB 100 anos
Entidade
Conveniada
Liga Nacional de Tiro ao Prato
Confederação Brasileira de Tiro Esportivo
Rua Miguel Couto, 105 sala 922 - Centro - Rio de Janeiro - RJ - CEP: 20070-030
Tel.: 55 21 2223-3313 / Fax: 55 21 2283-0522
APOIO AO NOSSO ESPORTE
International Shooting Sport Federation Ministério do Esporte Comitê Olímpico Brasileiro
Shooting Portal
Certificados de Participação Resultados Anteriores